Feng Shui no Ocidente

Estudar Feng Shui é apenas aprender regras da técnica chinesa e aplicá-las ao ambiente? Não. Existe um grande desafio neste caminho: o Feng Shui foi criado em uma cultura totalmente diferente da nossa, em outro tempo, e por isso nem sempre é fácil interpretar seus ensinamentos em nosso mundo moderno.

O homem atual perdeu a pureza e a plenitude de milênios atrás, e isso dificulta a adaptação do Feng Shui à sociedade ocidental. Mas não impossibilita.

Durante o 13º Seminário Internacional de Feng Shui em Tiradentes vamos demonstrar como resgatar esses conhecimentos e aplicá-los à vida de todos os dias. Damos atenção às referências genuínas e coerentes, que trazem conforto e bem-estar. Assim, o Feng Shui não é somente útil e permanente, mas válido para qualquer ser humano. Afinal, quem não quer viver melhor?

Venha aprender com a gente!

1 comment for “Feng Shui no Ocidente

  1. maio 30, 2016 at 9:07 am

    Com o apoio do Feng Shui salvou-se a empresa do pai dos meus filhos, criamos novos negocios, duplicamos o patrimonio e, embora ser consultora de Feng Shui seja uma profissao ainda pouco respeitada e conhecida no Ocidente, tenho tido um sucesso crescente, sucesso esse que me permite chegar a mais pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *