Livros

O conhecimento é vida.

Solano

Livros

Os saberes da casa

Subtítulo

Livros, frutos maduros de um caminho que prossegue… Neles a casa, interna e externa, é contemplada de ângulos diferentes… Os saberes populares das avós e as terapias ambientais (Casa Natural), a medicina da casa (Feng Shui), projetos que valorizam o cotidiano (Casa Nossa De Cada Dia), a natureza enquanto casa (Nossas Árvores – o resgate do sagrado) e o mais recente, Conselhos de Dona Francisca, um conjunto de cartas para ajudar nos altos e baixos da vida. Saberes para serem degustados junto a uma boa xicara de café ou chá ao lado…

Casa nossa de cada dia

O renomado arquiteto, consultor e escritor sul-mato-grossense – e mineiro de coração - Carlos Solano lança no dia 22 de novembro, às 19h, em Belo Horizonte, o livro “A Casa Nossa de Cada Dia”, pela Editora Lazlo. Partindo da premissa que a casa também é uma forma de expressão de si mesmo, o escritor buscou retratar o cotidiano a partir de casas feitas à várias mãos. Sob esse olhar, o escritor revela que “o livro é ricamente ilustrado e as casas apresentadas vêm com suas histórias e aprendizados: um jardim ecológico, uma terapia ambiental, a feitura do pão, de uma oração ou de uma tinta de terra.

Ano da publicação: 2016
Editora: Laszlo

Feng Shui: Kan Yu

Este livro apresenta uma ampla pesquisa a respeito do Feng Shui ou Kan Yu, arquitetura ambiental chinesa, uma das técnicas mais instigantes de avaliação da paisagem natural e urbana, responsável, na China, pela implantação de cidades, residências, templos e túmulos. A pesquisa envolveu viagens a Hong Kong, Taiwan, China, Tibete e Nepal.

Ano da publicação: 2001
Editora: Pensamento

Nossas Árvores: O Resgate do Sagrado

Quando convidada a participar de um reflorestamento, a paisagista Sandra Siciliano não encontrou livros sobre as árvores da América do Sul. Isso a motivou a escrever “Nossas Árvores. O Resgate do Sagrado”, em parceria com o arquiteto Carlos Solano. Além de uma pesquisa sobre as espécies, o livro toca na questão do desmatamento e resgata o conceito do sagrado ligado às arvores, como lugares para os rituais de antigas civilizações. “Descobri que tinha que passar esses ensinamentos, porque seria a única forma de respeitarem as árvores”, contou Sandra ao Glamurama. E frisou: “Precisamos delas e elas de nós”.

Ano da publicação: 2014
Editora: Edição dos Autores